domingo, 25 de abril de 2010




Cadeia? Claro que não.

A.R. também pode virar político! Ou publicitário!!!

Ô campanha imbecil...