sábado, 27 de fevereiro de 2010

Olé...

Diz a lenda que Garrincha, o maior de todos os dribladores, não contente em driblar um zagueiro muitas vezes parava a bola, voltava e driblava o mesmo coitado de novo. A jogada fazia a delícia do público mas, acredito, não a do zagueiro. Agora você imagina...

Imagine que você é o zagueiro, jogando contra o Garrincha. Imagine que ele pegou a bola, veio pra cima de você, colocou a bola entre as suas pernas (no bom sentido). "Ah, mas na próxima oportunidade ele não passa!", é o seu pensamento. Acontece que ele volta imediatamente e dessa vez te deixa sentado no chão. O que você pensaria dessa vez?

Talvez você pudesse desejar que ele voltasse e tentasse de novo, já que você tem certeza que dessa vez ele não vai conseguir repetir o drible, nem que você tenha que mandá-lo para o hospital. Ou então, talvez desejasse que, pelo amor de Deus, o Mané desse prosseguimento no lance e te poupasse desta nova humilhação. "De novo não, já chega..."

Imagina só...