sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Rogêrio Qüintanilha

Momento curioso no Docomomo. Hoje houve uma sessão temática exclusiva sobre Brasília, com pesquisadores da UNB e um pesquisador francês chamado Philipe Panerai, que faz paralelos entre a cidade e Paris. Enquanto esse pesquisador era apresentado, o projetor jogava na parede uma imagem bem conhecida minha: a Cidade Contemporânea para 3 Milhões de Habitantes, o tal projeto que eu tanto estudo. Eu fiquei todo feliz com a imagem. É como se ele projetasse a fotografia de um parente. Até tinha estranhado que, apesar do grande número de trabahos sobre Brasília ou Le Corbusier, não tinha visto mais ninguém falar sobre a Cidade Contemporânea que é sua clara inspiração.

E o pesquisador começa a falar em francês. "Esta é a Cidade Contemporânea e eu não preciso me deter muito sobre a sua composição uma vez que houve nessa mesa a aparesentação de Rogêrio Qüintanilha que já discutiu sobre esse assunto, não sei se falei corretamente o nome dele."

Não falou muito correto não, professor, mas se o sr. ouviu falar da minha pesquisa, pode falar meu nome do jeito que bem entender...